Número de registo da Licenciatura em Ótica e Optometria na DGES: R/A-Cr 128/2013
Diário da República - Lic. Óptica e Optometria
Curso Acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior - NCE/12/01431

COORDENAÇÃO DO CURSO


DOUTOR PEDRO SERRA

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 


DOUTORA ANA ROQUE

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  

 

Candidatura Online Pedido de Informação

EM PARCERIA COM:

COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER

Medir e analisar a função visual; prescrever meios óticos e exercícios visuais para correção/compensação das condições visuais; efetuar análise optométrica; prescrever meios óticos adequados; referenciar e encaminhar para os profissionais de saúde adequados pacientes com suspeitas de lesões e casos patológicos; aplicar técnicas para correção e recuperação de desequilíbrios motores do globo ocular, visão binocular, estrabismo e paralisias oculomotoras; prescrever e ensinar os doentes a coordenar e convergir os eixos visuais dos dois olhos; efetuar exames de perimetria, tonometria, tomografia, adaptometria, visão de cores, electrooculagrafia, etc.; adaptar lentes de contacto para compensação de ametropias convencionais, ectasias corneais ou condições iatrogénicas; avaliar indivíduos ou condições visuais especiais, como são o caso de pessoas com deficiência intelectual ou com baixa visão.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Formar profissionais na área da Ótica e da Optometria com capacidade de desenvolver trabalho clínico na área da prestação de cuidados primários de saúde visual. Formar profissionais com elevado conhecimento em ótica ocular e oftálmica que possam apoiar profissionais na área da saúde visual com défice de formação na área da ótica.

DESTINATÁRIOS

Esta licenciatura é dirigida à sociedade no seu todo, nomeadamente: diplomados do Ensino Secundário (12.º ano e Técnico-Profissional); diplomados de CTeSP em áreas afins, detentores do Título Profissional de Técnico de Ótica Ocular Grau IV (ACT); detentores de um currículo profissional na área (maiores de 23 anos); diplomados em estabelecimentos de ensino estrangeiros com currículos considerados equivalentes aos nacionais exigíveis (CTC); diplomados do Ensino Superior em áreas afins.

PRINCIPAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS

+ Prática de Optometria em regime de autonomia profissional ou em equipas multidisciplinares na área dos cuidados visuais e áreas afins
+ Empresas de fabrico e comercialização de materiais, componentes e equipamentos óticos e optométricos
+ Investigação em Ótica e Optometria
+ Atividade letivas em estabelecimentos de ensino (exemplo: superior)

ENTIDADES PARCEIRAS

UPOOP; Essilor; Optocentro; Primeira óticas; Óticas de Portugal.

TÍTULO CONFERIDO

Licenciado em Ótica e Optometria.

HORÁRIO

Noturno.

PLANO DE ESTUDOS

 

DURAÇÃO TOTAL DO CURSO

 6 semestres (3 anos).

CONDIÇÕES DE ACESSO

+ Regime Geral

Poderão aceder os candidatos com o ensino secundário completo ou equivalente com o seguinte conjunto como provas de ingresso: 715 Física e Química A (715) e 635 Matemática A (635).

+ Regimes Especiais

Acedem também os candidatos abrangidos pelos regimes especiais de acesso ao Ensino Superior previstos pela lei. Pode consultar o regulamento através do link: https://www.iseclisboa.pt/images/Regulamento_de_Estudos_de_Licenciatura_do_ISEC_alt.pdf

PRÉ-REQUISITOS

N/A

EQUIPAMENTOS E MATERIAL DIDÁTICO

Laboratórios dotados de materiais para a realização de aulas práticas com os equipamentos necessários para a prática: Optometria, Contatologia, Clínica Universitária de Optometria, laboratórios de ótica geométrica e ótica física, laboratórios de química e física, laboratório de ótica oftálmica, laboratório de investigação em visão desportiva, biblioteca com material nas diferentes áreas do conhecimento.

ACREDITAÇÕES E RECONHECIMENTO

+ Curso acreditado pela A3ES

+ Reconhecido pela União Profissional dos Óticos e Optometristas Portugueses (UPOOP)

+ Despacho nº 11925/2013 publicado em Diário da República, 2ª série – nº 177 – 13 de setembro de 2013