Tomou posse esta sexta-feira, dia 08 de novembro de 2019, a lista vencedora à Associação Académica (Lista A).

O Conselho de Direção do ISEC Lisboa esteve representado nesta cerimónia através dos Diretores da Escola de Gestão e da Escola de Tecnologias e Engenharia, Doutor Luís Moreira e Doutora Marina Reis, respetivamente.

Da lista, fazem parte os seguintes elementos:

Direção:

  • Presidente: Tânia Silva
  • Vice-Presidente: Hugo Siva
  • Secretário: Patrícia Florindo
  • Tesoureiro: Petra Melo
  • Vogal: Jéssica Pereira
  • Vogal: Magda Ramos
  • Vogal: Gonçalo Martinho

Assembleia Geral

  • Presidente: Carlos Sousa
  • Vice-Presidente: Beatriz Duarte
  • Secretário: Cláudia Bolinhas
  • Vogal: Daniel Nunes
  • Vogal: Henrique Rodrigues

Conselho Fiscal

  • Presidente: Tomás Pais
  • Secretário: Bruno Santos
  • Relator: Rita Anastácio

O ISEC Lisboa deseja à nova estrutura organizacional da Associação Académica do ISEC Lisboa, votos de grande sucesso.

 

No âmbito das atividades desenvolvidas pela ACT e da rede de parcerias estabelecidas entre várias entidades para a promoção da Segurança e Saúde no Trabalho, será realizada durante o mês de novembro, uma nova edição do Congresso SST Sintra, iniciativa da qual o ISEC Lisboa é, mais uma vez, parceiro. 

A quarta edição é subordinada ao tema Custo/Benefício em SST sendo, tal como nas edições anteriores constituída por dois blocos: um conjunto de workshops e um seminário, como comunicações científicas e divulgação de bos práticas, a ocorrer no dia 07 de novembro, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra. 

O evento insere-se no âmbito de um projeto de promoção da Segurança e Saúde no Trabalho (SST), desenvolvido desde 2010 e que tem como objetivo principal desenvolver, através da ligação entre os vários atores no domínio da SST, a criação de uma rede municipal de prevenção de riscos profissionais. 

O IV Congresso SST Sintra é organizado por uma rede de parceiros com interesse e relevo na área da SST, sendo eles: Câmara Municipal de Sintra, Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) / Ponto Focal Nacional Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho, Revista "Segurança", Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC Lisboa), Faculdade de Motricidade Humana (FMH), Associação Empresarial do Concelho de Sintra (AESintra), Serviços Municipalizados da Água e Saneamento de Sintra (SMAS), Escola Nacional de Bombeiros (ENB), Associação Portuguesa de Ergonomia (APERGO) e Ordem dos Engenheiros Técnicos (OET).

 

O programa completo pode ser consultado aqui

No passado dia 25 de outubro de 2019, no âmbito do IX Encontro Nacional de Provedor de Estudante (ENPE), realizado na Universidade de Évora, foi criada a Rede Portuguesa de Provedores do Estudante do Ensino Superior (RPE), onde foram aprovados os estatutos da mesma e eleitos os órgãos sociais.

Berta Batista, Provedora do Estudante do Politécnico do Porto foi eleita presidente da RPE. Da comissão executiva fazem parte o Provedor do Estudante do ISEC Lisboa – Instituto Superior de Educação e Ciências, José Manuel Roque bem como, Mario Gonzalez Pereira da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Pedro Marques Gonçalves do Instituto Politécnico de Leiria e José Manuel Tedim da Universidade Portucalense, estando assim representados os quatro setores do Ensino Superior (Universitário, Politécnico, Público e Privado).

 

O projeto de I&D - B-PREPARED, proposto em consórcio pela Empordef Tecnologias de Informação, S.A (ETI), em parceria com o ISEC Lisboa, com a colaboração da Escola Nacional de Bombeiros (ENB) e do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESCTEC), recebeu a aprovação e o apoio do Programa Operacional "Portugal 2020" financiado pelos FEEI (Fundos Europeus Estruturais e de Investimento). 

O projeto B-PREPARED (programa multiplataforma de preparação e treino em proteção civil) baseado na Internet, é um dispositivo de ensino e treino, que assenta no desenvolvimento de um sistema multiplataforma, com grau de interatividade e multimédia ajustado ao propósito educativo e com recurso à realidade virtual e novas formas de tecnologias, aplicado a agentes de proteção civil e aos cidadãos. Desta forma, os conteúdos da multiplataforma permitirão, por um lado, consolidar o conhecimento de operação através do treino de procedimentos e ferramentas e, por outro, recomendar à população em geral, precauções a deter e procedimentos a adotar perante qualquer situação de emergência. 

A participação do ISEC Lisboa neste projeto - que terá como objetivo a promoção de uma melhor adequação da disseminação/exploração dos conteúdos -, advém das suas competências aplicadas ao desenho e desenvolvimento de conteúdos didáticos e ao seu conhecimento do Sistema de Proteção Civil, sendo significativo por se complementar com os conhecimentos dos parceiros, nomeadamente a ETI na área do treino e o INESCTEC na área dos ambientes virtuais, dando no futuro ao ISEC Lisboa, a capacidade de usar metodologias de construção de programas de treino aplicáveis a diferentes domínios, independentemente da tecnologias usada. 

Os conteúdos, na forma de cursos modulares, serão disponibilizados via Web e Loja Android/IOS por forma a permitir uma disseminação facilitada aos utilizadores finais. 

 

 

No passado dia 28 de outubro, alunos dos 1º e 3º anos da licenciatura de engenharia de proteção civil visitaram, em horário pós laboral, o Comando Nacional de Emergência e Proteção Civil na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, especialmente o Centro de Situação e Operações, acompanhados pelo coordenador da licenciatura, Engenheiro Técnico Paulo Gil Martins.

Recebidos pelo Adjunto de Operações do Comando Nacional, Pedro Nunes, puderam observar a sala de operações e comunicações, a sala de situação, a sala de comando e a sala de análise e apoio à decisão. Tiveram ainda o privilégio de ouvir da parte do Adjunto de Operações uma exposição sobre os meios existentes de apoio à decisão baseados em plataformas digitais, as ligações automáticas entre os vários meios operacionais da componente de forças do sistema de proteção civil, a georreferenciação de recursos existentes e a evolução tecnológica em curso, que revolucionará certamente a forma de pensar, de agir e de decidir dos responsáveis especialmente em operações complexas.

Esta visita só foi possível pelo apoio recebido do Sr. Brigadeiro General Duarte Costa, Comandante Nacional de Emergência e Proteção Civil e pela disponibilidade e profissionalismo do Adjunto de Operações Pedro Nunes e do Comandante de Serviço às Operações Miguel Oliveira, a quem agradecemos todas as informações e explicações fornecidas.


ACREDITAÇÕES. CERTIFICAÇÕES E RECONHECIMENTOS EXTERNOS